Publicado por: Pé no Pedal | 05/04/2009

Campeonato Capixaba de Downhill 2009 – Etapa Única

Pessoal do DH, ajustem a suspenção e boa descida!

Ocorrá nos dias 10 e 11 de abril em Santa Tereza (ES) a etapa única do Campeonato Capixaba de Downhill.

Vai aí todas as informações do evento. Vamos prestigiar!

 
Histórico da cidade
A colonização da nacionalmente conhecida “Cidade dos Colibris” começou em 1874, quando oito italianos abandonaram suas recentes moradias em Santana, próximo a Pau Grande, hoje município de Ibiraçu, em virtude da insalubridade do local e fizeram uma incursão pela região acima de Santa Leopoldina. Os imigrantes procuravam um clima que mais se aproximasse do de Trentino, Itália, e propuseram a ocupação da mata da região.

Em 1875, sessenta famílias trentinas e venetas foram trazidas para o local através do navio “Rivadavia”. No dia 26 de junho foi feito o sorteio e a entrega dos lotes aos colonos. Uma das primeiras casas construídas na sede municipal pelos irmãos Antônio e Virgílio Lambert está conservada até hoje, desde 1876. Somente o telhado passou por reformas, mas o restante conserva as características originais.

O nome Santa Teresa foi dado ao agrupamento de barracas pela devota Maria Madalena A. Armani. Ela reunia os imigrantes à sombra de um grande pau peba, na hora do Angelus, para rezar frente ao quadro de Santa Teresa, trazido de sua pátria.

Nos anos seguintes, mais imigrantes chegaram ao local diretamente da Itália, atraídos pelas promessas de terra boa e farta. Eles formaram os núcleos onde estão as sedes distritais de Santa Teresa: Alto Santa Maria, Santa Júlia, São João de Petrópolis, São Roque e 25 de Julho. Este último foi fundado por alemães e suíços que chegaram à região em 1877. Os poloneses chegaram no mesmo ano, e instalaram-se no vale do Rio 5 de Novembro, em torno da atual povoação de Santo Antônio, anteriormente chamada de Santo Antônio dos Polacos.

Depois de instalados, com as primeiras casas construídas e as primeiras derrubadas de mata, os imigrantes começaram a cultivar a terra. O café foi a principal atividade econômica da época, seguida do milho e de outros cereais. Nas zonas altas, principalmente onde atualmente está o distrito da sede, os colonos cultivaram videiras, até hoje exploradas. Além disso, o imigrante Virgílio Lambert começou uma pequena cultura do bicho da seda, que deu bons resultados, ganhando prêmios até na Europa. Mas o café sempre foi a principal cultura da cidade.

Com o progresso, o núcleo tornou-se independente de Santa Leopoldina. A instalação oficial do Município de Santa Teresa ocorreu em 22 de fevereiro de 1891.

Ainda hoje a agricultura é a base econômica da cidade. Entretanto, a produção de café não é tão grande como antigamente, sendo superada pela de cana-de-açúcar. Também são produzidos banana e hortigranjeiros. O turismo e o agroturismo têm se destacado nos últimos anos. Além das cachoeiras, das reservas e do Museu Mello Leitão, o turista pode se encantar com as propriedades rurais, pois em todas elas há produções caseiras para comercializar, destacando-se as tradicionais massas e o vinho, características da cultura italiana.

O DH.
 
Local da Prova – A prova acontece na fazenda sede do Projeto Geanne Rural, distante 9 KM do centro da cidade.

Programação:
O Evento tem seu inicio no sábado dia 10/04, já com estrutura de som, ambulância, segurança de pista, apoio de resgate e água para os atletas, no domingo(11/04) o evento inicia-se ás 8h.
Sexta (10/04):
8h – Abertura da secretaria do evento para inscrições.
10h – Liberação da pista para treinos.
17:30 – Encerramento dos treinos.

Sabado (11/04):
8h – Abertura da secretaria do evento para inscrições:
8h – Liberação da pista para treinos.
10h – Qualificação.
14h – Prova Final
17h – Cerimônia de premiação.

Categorias:
Elite
Juvenil (até 17 anos)
Sub 30 (18 a 29 anos)
Máster (30 acima)
Rígida

O local: O local é bem bacana, tem rampa de vôo livre, pista de MotoCross, super visuais das montanhas, show de bola.
Distância da pista: 960 m

Tempo de prova: apesar de ainda não ter andado na pista a previsão é de 1:30s à 2 Min.

Desnível: 176 m.
 
Serão premiados com troféus os três primeiros de cada categoria, e com medalhas os 4º e 5º,
Além de premiação em dinheiro conforme especificado abaixo:

Elite 1º – R$ 300,00 2º – R$ 200,00 3º – R$ 100,00
Juvenil 1º – R$ 50,00 2º – R$ 30,00 3º – R$ 20,00
Sub 35 1º – R$ 50,00 2º – R$ 30,00 3º – R$ 20,00
Máster 1º – R$ 50,00 2º – R$ 30,00 3º – R$ 20,00
Rigida 1º – R$ 50,00 2º – R$ 30,00 3º – R$ 20,00

Total da Premiação: R$ 1.000,00

OBS: Somente haverá premiação em dinheiro as categorias com mais de cinco inscritos.

Percurso:

A Pista possui 960 m de extensão, e 176 m de desnível, apesar de um pouco curta, a pista foi construida exclusivamente para o evento, sendo predominante os trechos de single track com curvas, além de possuir trechos de pedras, raízes, drop’s e saltos.

Inscrições:
Os atletas deverão confirmar sua participação até o dia 09/04 (quinta feira) através do site www.casinhadeaventuras.com.br o pagamento deverá ser efetuado na confirmação da inscrição e retirada do kit nos dias da prova, também serão aceitas inscrições nos dias das prova.

Valor das inscrições:
Elite: Antecipado R$ 30,00 – Nos dias do evento R$ 35,00.
Demais categorias: Antecipado R$ 25,00 – Nos dias do evento R$ 30,00.

Principais características da pista: Logo no início temos um trecho bem sinuoso sem muita inclinação, a segir adentramos em um bosque de eucaliptos com um pouco mais de inclinação e curvas em S, em segida vem o trecho mais inclinado da pista, com curvas fechadas no inicio e mais abertas no final, após mais trechos de ganho de velocidade seguido de curvas e pedaladas, após dois pequenos saltos e mais single com curvas até a parte aberta da pista onde colocaremos saltos e costelas, nada muito perigoso, em seguida temos uma descida em meio a pedras e a parte final onde se obtem mais velocidade para o salto final, tipo drop, e a curva final.

Conclusão:Neste trabalho em Santa Tereza, tivemos total apoio da Prefeitura Municipal, STBike, Copa Capixaba de MTB e do proprietário do local sede do evento, no entanto a nossa principal matéria-prima para contrução do circuito foi a montanha, o local onde hoje é a pista, antes era puro mato, trilhas antigas, nada foi aproveitado, exeto a estrada do resgate, o que possibilitou a montagem de um traçado divertido, técnico e propício a prática do DH.

Como Treinar: A pista de DH já esta liberada para treinos a partir deste fim de semana, basta entrar em contato com o Igor do STBike no telefone 27-3259 3706 – 27 8167 5650.

Informações referentes a prova: Marcelo Duarte –  27 9914 1970 .

Como chegar:
O acesso ao local da prova fica no KM 2 da rodaovia que liga Santa Tereza a Santa Maria de Jetibá, daí é só seguir as placas indicando Projeto Geanne Rural.
Organização: Marcelo Duarte e STBike.

Marcelo Duarte, STBike e todos que estão apoiando e prestigiando este evento, a equipe Pé no Pedal agradece os esforços para a realização desta prova!

Soltem os freios!

Equipe Pé no Pedal
penopedalbrasil@gmail.com

Anúncios

Responses

  1. quero que voces enviem um video de voces praticando o down hill para o meu site felipe@hotmail.com.br por que eu tambem sou praticante mas faco trilha onde eu moro e sou muito fa do down hiil

    • Ok Felipe! Faremos um vídeo e mandaremos para você! Diga lá o seu site para podermos divulgar aqui também!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: