Publicado por: Pé no Pedal | 22/01/2009

Medidas da Bicicleta

AS MEDIDAS DA BICICLETA

Medidas da bicicleta de estrada sem “sloping”.

Medidas da Bicicleta

Medidas da Bicicleta

Fisicamente cada um de nós é único, com diferente altura, longitude de pernas, longitude de braços, longitude do tronco como principais variáveis a ter em conta numa bicicleta pra por render mais sobre ela, como também pra ir mais cômodo, portanto é importante ser meticuloso à hora de escolher o tamanho da bicicleta e a postura sobre ela. Tem muitos métodos à hora de conhecer o tamanho do quadro que adapte-se a teus condições morfológicas, ainda que não são infalíveis, mesmo assim, ter em conta que uma vez pesquisada teu medida de bicicleta e teu postura, você necessitará um pequeno período de tempo pra adaptar-se a ela. Sem vontade de mostrar os seguintes métodos o programas que há hoje para determinar a medida de sua bicicleta, tão só te dar uma pequena orientação de como saber as medidas de teu quadro, mais tarde, com mudar a altura do selim e a longitude do suporte do guidão, como da sua altura respeito ao quadro, você poderá se acoplar perfeitamente:

Medidas do ciclista.

Medidas da bicicleta (tubos de centro a centro):

• Medida do quadro = altura entrepernas ( A ) x 0.65 (salvo nas bicicletas com quadro sloping *)
• Longitude quadro (tubo horizontal) = É a mesma que a A, o normal é que meça 2 ó 3 cm. mais longo.
• Altura selim = altura entrepernas x 0.885
• Pedivelas = altura entrepernas = ó <20%
• Suporte de guidão = longitude do braço ( C ) x 0,203

Devido ao diferente tipo de ângulos que há no mercado com os quadros com sloping, a altura do tubo vertical variará. Mas para encarregar a medida deste tipo de bicicleta, segue sendo básica a altura da entreperna, o único que mudará será o coeficiente a multiplicar, que dependerá da marca do quadro.

* Altura entrepernas = Para conhecer essa medida tem que estar descalço. Colocar-se de costas à parede e colocando um lápis paralelo ao chão na entreperna, fazer uma marca na parede e medir a distância resultante entre a marca e o chão.

* Longitude tronco = É a distância resultante de uma nova marca à altura dos ombros (justo onde esta a articulação) e a da entrepernas.

* Longitude do braço = Desde a marca do ombro a um terceiro sinal que faremos com um lápis marcando-o com a mão fechada.

Medidas para a bicicleta de montanha.

Medidas MTB

Sendo o quadro a parte essencial da bicicleta, convém ter em conta outras peças que também diferem segundo sua constituição física. Refiro-me a:

• Comprimento do guidão. O habitual é levar um de 42 cm de comprimento. Ela variará dependendo da envergadura do ciclista, podendo optar por um de 44 cm. quando seja um ciclista alto (mais de 185 cm.) . Mas tem presente que perderá aerodinâmica, o choque frontal contra o ar é maior.

• Comprimento do suporte de guidão. Nos profissionais há a tendência de usar quadros um pouco menores e ajustar as dimensões pessoais com o canote do selim mais altos e suporte do guidão mais longos. A medida padrão é de 10 a 11 cm., mas nos profissionais, você as verá mais longas, 13 e inclusive 14. Ao ter a menor medida, a intenção é facilitar a manobra da bicicleta

• Longitude de pedivelas (ou alavancas). Geralmente, a medida de um pedivela é de 170 (longitude do pedivela de centro a centro). Pode variar por dois motivos: altura do ciclista incrementados de 2,5 cm. (ver parágrafo anterior) e, nas provas de contra relógio, que são um pouco mais longas (os 2,5 cm.) das que usa habitualmente.

O tamanho do quadro das bicicletas de montanha é menor, já que precisam ser mais rígidas e responder melhor à direção num caminho muito irregular, em detrimento da aerodinâmica e velocidade. A medida a ter em conta é a altura do selim, baixando uns dois centímetros pra ter um maior controle sobre a bicicleta. Geralmente há 3 medidas padrões de quadro sem ser tão individualizadas como nas de estrada, muda dependendo da estrutura do ciclista, acertando mais tarde as medidas, como o canote do selim, como do suporte do guidão.
Os ângulos de montagem dos diferentes tubos de que formam um quadro de ciclista, variando um pouco dumas marcas a outras. As referências que eu tenho são gerais e falar dos ângulos é complicado, já que um mesmo fabricante usa diferente. Não tem que complicar-se com isso, às vezes pode-se arrumar movimentando o selim e o suporte do guidão. O importante é ter uma bicicleta adaptada a sua estrutura, logo depois é você quem tem que procurar esses detalhes pra se sentir bem, procurando um equilíbrio entre a postura sobre a bicicleta e a capacidade de executar a máxima força.
Pra terminar vou-lhes dar um exemplo: “Miguel Indurain, em sua bicicleta de contra relógio, sacrificou um pouco sua aerodinâmica, ao subir um pouco o guidão. Isto porque quando disputava contra relógio, ao ir tão inclinado, não podía executar todo seu potencial nos pedais, e também, não respirava nas melhores condições”.

Medidas em relação com a altura do ciclista

Fica claro que não pode dar dados exatos que sejam aplicáveis a todas as pessoas, já que as medidas corporais mudam de pessoa para pessoa. Uma pessoa pode ter uma altura total igual à outra, mas suas medidas de pernas, braços, tronco, etc. serem muito diferentes, então dar medidas absolutas não é possível, nem também é recomendável. Mas, somente para caráter informativo, segue alguns dados:

Altura(cm)    Speed(cm)    MTB (pol)
160 – 165         47 – 51             14
165 – 170         51 – 53         16 – 17
170 – 175         53 – 55             18
175 – 180         55 – 57        18 – 19
180 – 185         57 – 59             20
185 – 190         59 – 61         20 – 22
+190                       61                   22


Responses

  1. qual o quadro ideal para eu que tenho 1,58m?
    Meu quadro é 51, onde posso fazer algum ajuste?
    obrigado.
    Roberto Miranda

    • Muita coisa influi no conforto e eficiência sobre a bike: A relação de tamanho tronco x pernas, flexibilidade de quadril, flexibilidade da coluna e sustentabilidade do tronco-pescoço são algumas delas. O tamanho para sua altura é no máximo 51 mesmo, mas ressalto que outros fatores que precisam ser levados em consideração para que não prejudique a sua performance, seu conforto e principalmente a sua saúde, como por exemplo, tamanho do guidão, tamanho do pedevela, tamanho do suporte do guidom e geometria do quadro. Demoramos para responder porque pesquisamos um especialista em speed da Omega Ciclismo para te ajudar melhor.

      Esperamos ter ajudado.

      Equipe Pé no Pedal


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: